• Cachoeira Salto Grande, antes da construção da Usina, sd.

    Cachoeira Salto Grande, antes da construção da Usina, sd.

  • Início das obras da Usina Salto Grande. Imagem do início da implantação do canteiro de obras, 1951

    Início das obras da Usina Salto Grande. Imagem do início da implantação do canteiro de obras, 1951

  • Obras de construção da barragem da usina Salto Grande, década de 1950

    Obras de construção da barragem da usina Salto Grande, década de 1950

  • Obras de construção da barragem da usina Salto Grande. Operário operando guindaste, década de 1950

    Obras de construção da barragem da usina Salto Grande. Operário operando guindaste, década de 1950

  • Detalhe da montagem das turbinas da usina Salto Grande, 1957/1958

    Detalhe da montagem das turbinas da usina Salto Grande, 1957/1958

  • Detalhe da montagem das turbinas da usina Salto Grande, 1957/1958

    Detalhe da montagem das turbinas da usina Salto Grande, 1957/1958

  • Vista geral da barragem da usina Salto Grande na época da inauguração, 1958

    Vista geral da barragem da usina Salto Grande na época da inauguração, 1958

  • Vista geral da subestação da usina Salto Grande, década de 1970

    Vista geral da subestação da usina Salto Grande, década de 1970

  • Operários trabalhando na instalação de equipamentos da subestação da usina Salto Grande,15/01/1971

    Operários trabalhando na instalação de equipamentos da subestação da usina Salto Grande,15/01/1971

  • Vista aérea da usina Salto Grande, com destaque para a barragem em S,1971

    Vista aérea da usina Salto Grande, com destaque para a barragem em S,1971

  • Tanques da Estação de Piscicultura de Salto Grande, jul/1982

    Tanques da Estação de Piscicultura de Salto Grande, jul/1982

  • Tanques Estação de Piscicultura de Salto Grande, jul/1982

    Tanques Estação de Piscicultura de Salto Grande, jul/1982

  • Vista aérea do laboratorio da Estação de Piscicultura de Salto Grande, 07/1982

    Vista aérea do laboratorio da Estação de Piscicultura de Salto Grande, 07/1982

  • Vista geral do vertedouro da usina Salto Grande, década de 1990

    Vista geral do vertedouro da usina Salto Grande, década de 1990

  • Vista externa da casa de força da usina Salto Grande, 05/07/1999

    Vista externa da casa de força da usina Salto Grande, 05/07/1999

  • Painel de controle da usina Salto Grande, 05/07/1999

    Painel de controle da usina Salto Grande, 05/07/1999

  • Vista geral da sala de turbinas da usina Salto Grande, 05/07/1999

    Vista geral da sala de turbinas da usina Salto Grande, 05/07/1999

  • Vista geral da sala de turbinas da usina Salto Grande, 05/07/1999

    Vista geral da sala de turbinas da usina Salto Grande, 05/07/1999

  • Em 2008, nos 50 anos da usina, uma grande comemoração reuniu funcionários e aposentados da usina Salto Grande

    Em 2008, nos 50 anos da usina, uma grande comemoração reuniu funcionários e aposentados da usina Salto Grande

  • Em 2008, nos 50 anos da usina, uma grande comemoração reuniu funcionários e aposentados da usina Salto Grande

    Em 2008, nos 50 anos da usina, uma grande comemoração reuniu funcionários e aposentados da usina Salto Grande

  • Vista panorâmica da usina Salto Grande, 25/01/2006. Foto Paulo Miguel

    Vista panorâmica da usina Salto Grande, 25/01/2006. Foto Paulo Miguel

  • Detalhe da barragem da usina Salto Grande, 25/01/2006. Foto: Paulo Miguel.

    Detalhe da barragem da usina Salto Grande, 25/01/2006. Foto: Paulo Miguel.

  • Detalhe das turbinas da usina Salto Grande, 25/01/2006. Foto: Paulo Miguel

    Detalhe das turbinas da usina Salto Grande, 25/01/2006. Foto: Paulo Miguel

  • Detalhe das turbinas da usina Salto Grande, 25/01/2006. Foto: Paulo Miguel

    Detalhe das turbinas da usina Salto Grande, 25/01/2006. Foto: Paulo Miguel

  • Operador trabalhando num dos painéis de disjuntores da usina Salto Grande, 25/01/2006. Foto: Paulo Miguel

    Operador trabalhando num dos painéis de disjuntores da usina Salto Grande, 25/01/2006. Foto: Paulo Miguel

  • Equipe trabalhando na manutenção de turbinas da usina Salto Grande, Foto: Paulo Miguel

    Equipe trabalhando na manutenção de turbinas da usina Salto Grande, Foto: Paulo Miguel

  • Painel de controle da usina. Foto: Paulo Miguel. 25/01/2006

    Painel de controle da usina. Foto: Paulo Miguel. 25/01/2006

  • No início da década de 2000, a operação da usina foi totalmente informatizada, podendo ser operada remotamente pelo COG – Centro de Operação da Rio Paranapanema Energia S.A. Fotos: Paulo Miguel. 25/01/2006

    No início da década de 2000, a operação da usina foi totalmente informatizada, podendo ser operada remotamente pelo COG – Centro de Operação da Rio Paranapanema Energia S.A. Fotos: Paulo Miguel. 25/01/2006

  • Estação de Acquicultura da usina Salto Grande, 03/2009

    Estação de Acquicultura da usina Salto Grande, 03/2009

  • Uma garça, representante da fauna do rio Paranapanema, 26/01/2006 Foto: Paulo Miguel

    Uma garça, representante da fauna do rio Paranapanema, 26/01/2006 Foto: Paulo Miguel

Histórico do projeto
Na região do município de Salto Grande, o Rio Paranapanema se dividia em dois braços, dando origem a uma ilha com cerca de 1,5 km de extensão. A cachoeira Salto Grande, ficava no braço maior, do lado do estado do Paraná. Após a queda, as águas da cachoeira passavam a correr por uma garganta estreita, de grande profundidade, conhecida como Canal do Inferno.
Na margem do rio pertencente a São Paulo, havia o Canal Paulista, com fortes corredeiras. Conhecido desde o século XIX, o Salto Grande era elogiado por engenheiros como Teodoro Sampaio, responsável pelo trabalho da Comissão Geográfica e Geológica da Província de São Paulo, que catalogou o território do estado.
“O salto propriamente dito, é uma queda d’água do mais belo efeito, no tempo da vasante, quando os grandes rochedos, que formam a linha da queda, mostram-se descobertos em pitoresco contraste com os novelos de espuma alvíssima que irrompem por uma infinidade de canais de todas as dimensões. Vista de curta distância, como da ponta em que termina a ilha grande da parte de baixo, a linha da queda, cujo comprimento é de cerca de 205 metros, simula grande muralha, de altura uniforme, lavada, aqui por possantes jorros d’agua, acolá à direita por tênues fios de notável brancura entre as pontas negras da pedra. Na época das enchentes o maior volume d’água, fazendo desaparecer toda essa beleza, dá todavia ao salto em efeito imponente.”
A autorização para construção da Usina ocorreu em 1949 e veio diretamente do governador do estado de São Paulo, na época Adhemar de Barros. Para garantir e ampliar o fornecimento de energia elétrica para a região do Paranapanema, o governo modificou o projeto, definindo a construção de uma usina maior. Para isso foi necessário financiamento internacional, pois todos os equipamentos mecânicos e elétricos foram importados da França e dos Estados Unidos.
As obras civis de Salto Grande começaram em 1951 e a inauguração ocorreu em 28 de abril de 1958, com a presença do presidente da república, Juscelino Kubitschek, e do governador do estado de São Paulo, Jânio Quadros.
Mas a usina somente começou a operar com carga máxima em abril de 1960, quando o último grupo gerador entrou em operação. Com isso, a potência instalada da usina passou a ser de 68 mil kW (ou 68 MW).
Dados técnicos da obra
Curiosidades
A Vila Residencial
A Estação de Piscicultura (aquicultura)
Ficha Técnica da Usina